Negócios online: a diferença entre o tráfego orgânico e pago
04 jun 2020
Compartilhar

Negócios online: a diferença entre o tráfego orgânico e pago

1407 Views

Os negócios online necessitam de conquistar o público e de gerar tráfego para que possam ter sucesso. No momento de estudar as estratégias de marketing, no entanto, você precisa de considerar que existem dois tipos distintos de tráfego: o tráfego orgânico e o tráfego pago. Saiba a importância desses tipos de tráfego e como conquistá-lo.

Hoje em dia, no Brasil, existe cada vez mais gente trabalhando online, em diversos setores. Um dos negócios favoritos dos empreendedores digitais brasileiros é o ecommerce de dropshipping: um mercado desafiante, onde a saturação e a concorrência podem tornar bem difícil o encontro e a fidelização dos clientes.
Ainda que perante esses desafios, o empreendedorismo digital no Brasil tem aumentado e seu crescimento tem gerado uma busca por conhecimentos sobre o marketing digital.

Uma das perguntas principais que todo o empreendedor tem é como pode criar uma estratégia que garanta que o público-alvo toma conhecimento de seu site e o visita, para poder fazer suas compras e, através destas, gerar o lucro pretendido.
De facto, chegar nos clientes e gerar tráfego é o objetivo de quem gere um negócio online. Ainda assim, para que se possa fazer a aplicação das estratégias de marketing digital e garantir o sucesso, é necessário que se conheça bem o mundo digital e se compreendam quais as melhores formas de gerar tráfego orgânico e quais os momentos e formas de garantir a fidelização dos clientes ao gerar tráfego pago também.

Esses dois tipos de tráfego são bem distintos mas, fazendo uma boa gestão de ambos, se torna possível rentabilizar os investimentos e conquistar resultados muito positivos, que contribuam para o sucesso da empresa digital.
Venha conhecer melhor as diferenças entre o tráfego orgânico e o tráfego pago e saber como pode usá-los para garantir que sua loja online se torna um sucesso.

1. A diferença entre tráfego orgânico e tráfego pago

Os nomes destes tipos de tráfego já indicam relativamente a sua diferença fundamental: enquanto o tráfego pago exige um investimento financeiro por parte do empreendedor, o tráfego orgânico pode ser gerado sem que exista um investimento monetário.

No tráfego pago, por norma, o investidor parte da publicidade e dos anúncios para garantir que as pessoas são direcionadas para seu site, podendo optar por diversos meios para o conseguir.

Por outro lado, o tráfego orgânico pode ser conquistado com outro tipo de estratégias (como a criação de bons artigos SEO ou a presença nas redes sociais) sem existir o gasto de recursos financeiros.

2. O tráfego orgânico para sua loja online

O tráfego orgânico não necessita de pagamento por parte do empreendedor mas, embora aconteça de uma forma mais natural, isso não significa que não exista algum investimento em termos de tempo e esforço para que este se torne possível.

Os recursos exigidos por esse tipo de tráfego se prendem com a criação de estratégias e o investimento pessoal para garantir seus resultados. Este pode ser gerado pelo dinamismo nas redes sociais, pela criação de bons artigos SEO para o blog do site, que ajudem a posicionar de forma positiva o site nos motores de busca ou ainda com a apresentação do site ao público, conseguindo leads e promovendo estratégias como o email marketing.

Esse tipo de estratégia faz com que consiga aumentar o número de visitas no seu site, sem que necessite de pagar publicidade ou de investir em marketing de afiliados. Ainda que possa obter resultados muito positivos com este tipo de estratégia, deve considerar que essa forma de gerar tráfego pode ser demorada, sendo que os resultados apenas se manifestam a médio e longo prazo.

3. Formas gerar tráfego pago

Mesmo que obtenha bons resultados com o tráfego orgânico, isso não significa que não vá precisar de investir também em tráfego pago. Na verdade, unir as estratégias que geram ambos os tipos de tráfego será a melhor forma de garantir que chega até um público mais amplo e conquista melhores resultados.

Por norma, as estratégias para gerar tráfego pago são mais rápidas a gerar tráfego para o site do que as estratégias para gerar tráfego orgânico.

Isso acontece porque os anúncios e a publicidade criam um redirecionamento quase direto e imediato dos potenciais clientes para o site que está promovendo.

Hoje, para conseguir isso, você pode usar as ferramentas de anúncios das redes sociais (como o Facebook Ads ou o Instagram Ads), apostar nos anúncios da Google (AdWords) ou pagar a pessoas para que coloquem links em seus sites (Marketing de Afiliados).

Uma das vantagens que você terá ao investir no pagamento de anúncios é que poderá ficar conhecendo melhor o seu público, já que existe o acesso a estatísticas bem pertinentes sobre as pessoas que clicam no link e manifestam interesse em seu site ou em seus produtos. Esses conhecimentos poderão ser úteis para a criação de novas estratégias de marketing no futuro.

Leave Your Comment