O Corona Vírus e o Sistema de Trabalho em Home Office
16 mar 2020
Compartilhar

O Corona Vírus e o Sistema de Trabalho em Home Office

1641 Views

Será que o mundo está preparado para uma pandemia?
O que as empresas têm feito para treinar funcionários a trabalhar em suas casas e ter o mesmo rendimento?

Estes últimos dias, muitas pessoas, clientes ou não, têm me questionado se eu não conheceria um “Cinto de utilidades” para ajudar a quem quer aprender a trabalhar remotamente. A resposta é “depende”. De uma maneira geral o trabalho remoto depende de inúmeros fatores que vai desde a natureza do trabalho desenvolvido até a possibilidade de poder ser executado remotamente ou não.

De uma maneira genérica, algumas ferramentas precisam ser dominadas, por fazerem parte do pack básico de produtividade. Outras precisam ser descobertas.

Reuniões on line em tempos de Corona vírus

Se você conhece e já domina o Skype e o Google Hangouts vá em frente e use o que sabe.
Há opções melhores e mais fáceis de usar, o Whereby.com é uma delas.
Dono de uma interface invejavelmente simples, permite compartilhamento de tela e até 4 pessoas na versão gratuita. Imagine que você fique online e deixe o link no seu site, a pessoa clica e já é atendida por você na hora. Luxo.
Imagine que na outra aba você deixe uma apresentação aberta e que possa compartilhar com quem entrou. Luxo puro.
Totalmente funcional. Também permite conversas só de áudio liberando banda para uma conversa perfeita.
Se você precisa de uma grande reunião, as versões pagas permitem entre 12 e 50 participantes e custam US$9.90 e US$59.90.
E convenhamos, até o bem vindo Whatsapp faz boas conferências se precisar compartilhar telas, chat e outros recursos.

Siga-me, aquela ligação pro seu ramal, cai no celular

Fui lá no blog da nvoip.com.br buscar a dica do Follow-me. Eles tem este serviço configurável gratuitamente.
É a hora e a vez do VOIP – Voz sobre IP – que só não avança mais ainda porque o sistema de operadoras é um nicho bilhardário e tentacular.

Entre os serviços da NVOIP estão a gravação de ligações, por exemplo. Agiliza suporte, reduz contatos, melhora a assimilação.

Google Drive é a mão na roda

Embora tenha recursos um pouco mais reduzidos do que um pacote Office, o Google Drive e seus compartilhamentos colaborativos permite um produtividade solo ou em equipe. É fato que o Office365 também faz essas vezes mas já sai custando. O Google Drive cobra quando se quer usar o próprio domínio e ampliar o espaço disponível. Para empresas é economia. Nuvem é vida!

Gerenciamento de Tarefas

Trabalho remoto exige disciplina. Home Office vai além da máquina de café, tem sofá, geladeira, Netflix, pet, filhos. Trancafiar-se e estabelecer uma rotina rígida de produtividade é condição número 1 para o sucesso.

O mais básicos dos softwares são os que ajudam a aplicar a técnica Pomodoro.
A Técnica Pomodoro é um método de gerenciamento de tempo desenvolvido por Francesco Cirillo no final dos anos 1980.

A técnica consiste na utilização de um cronômetro para dividir o trabalho em períodos de 25 minutos, separados por breves intervalos. Funciona, só exige uma maturidade enorme.

Você vai precisar de um chefe? Vai. De chefe, fluxo, dedicação. Home office vai deixar de ser uma condição a ser aplicada em casos de necessidade e passa a ser um modelo viável para pessoas e empresas.

Para as empresas, salários mais baixos, menor infra estrutura, mais necessidade de controle e processos. Novos cargos hão de surgir para que o trabalho remoto se torne sucesso. Para as pessoas, maior liberdade e flexibilidade de tempo. Imagine que surge um pepino de Detran para ser solucionado?

Trello, iClips, são exemplos de softwares para facilitar o fluxo de tarefas em equipe. Nada de reuniões, tudo é lançado e aprovado online.

Marcação de Ponto via app

A Pontualis, por exemplo, é um relógio de ponto via app com reconhecimento facial. Útil em tempos de crise epidemiológica? Não tenha dúvidas. O Corona vírus à solta e a produtividade a empresa preservada.

Aulas em tempos de Corona vírus

Não precisaríamos citar que os EADs tendem a bombar mas, como se migra aulas presenciais para remoto?
Desde lives de Facebook até softwares rebuscados, tudo é possível.

A Cisco, uma gigante que se reinventa sempre liberou sua ferramenta para até 100 participantes. Uma saída honrosa para o ensino. Muito melhor do que simplesmente decretar férias.

Imagine o cenário: O professor bate o ponto no Pontualis. Os alunos entram na sala da aula no Webex da Cisco

Tem muita aula que nao faz o menor sentido ser presencial. Muita reunião que se resolve com uma vídeo chamada.

Existe muito trabalho que pode ser feito deitado em berço esplêndido, ao som do mar e à luz do céu profundo. As empresas precisam perder a mania de querer gente embaixo de suas botas e as pessoas precisam aprender a respeitar eticamente o tempo pago.

Leave Your Comment