A importância do vídeo no Marketing de Conteúdo estratégico
23 ago 2016
Compartilhar

A importância do vídeo no Marketing de Conteúdo estratégico

O conteúdo em vídeo está em alta.

O vídeo não é o futuro do marketing de conteúdo, é o presente. Ele foi a modalidade que mais chamou a atenção em 2015 e agora em 2016 sua importância será ainda maior do que já foi, pelas vantagens que oferece se comparado a outras formas de exposição de conteúdo. As palavras com imagens e sons chamam a atenção do usuário.

Segundo estatísticas da HIGHQ, os vídeos online representam 50% do tráfego móvel. Cerca de 65% dos usuários assistem mais de 3/4 dos vídeos e 78% das pessoas assistem vídeos online todas as semanas, sendo que 55% o fazem todos os dias.

As grandes marcas já assimilaram que não basta mais investir somente em publicidade com uma comunicação de via única com o público. É necessário uma comunicação “bilateral” para criar uma relação mais íntima do consumidor com a sua marca.

A mensagem através do vídeo é sempre mais atraente e rápida comparada as imagens ou textos, os vídeos priorizam o que precisa ser visto, envolvendo o usuário. Um minuto e meio de um vídeo bem feito pode transformar sua estratégia de marketing em um fenômeno da comunicação. O vídeo facilita a absorção do conteúdo estratégico, por isso, use a abuse desse recuso.

O número de profissionais que começaram a utilizar vídeos aumentou cerca de 80% em relação a 2014. Além disso, 54% dos profissionais compartilharam os vídeos que discutiam os temas mais pertinentes ao trabalho com seus colegas. E ainda fazem isso semanalmente.

Vale lembrar que a expansão da banda larga presente também nos Smartphones, fez dos videos uma das principais formas de produzir e consumir conteúdo.

Um estudo da Cisco prevê que os vídeos responderão por 69% do tráfego de internet por consumidores em 2017. Por isso, o vídeo passou a ser parte importante da sua estratégia de marketing de conteúdo.

Mais controle sobre o vídeo – diferente de uma foto que pode ser publicada fora do contexto, um “tweet” que pode ser mal-interpretado ou o trecho de um release que pode ser cortado, um vídeo é bem mais difícil ser distorcido ou alterado.

Vídeos são explicativos – Com um vídeo marketing, você pode mostrar seus produtos ou serviços em ação. Com um simples tutorial, uma demonstração em tempo real ou até mesmo a explicação de um produto ou uma chamada para um evento, basta ser criativo e ter um pouco de estrutura. Vídeos feitos por Smartphones tem ótima penetração e a qualidade é boa para ser espalhado via web. Vale investir!

Vídeos podem ter testemunhos – Em um vídeo, o testemunho de um cliente (ou vários), estará ali, falando sobre a sua experiência com o produto ou serviço da sua empresa. Já as citações entre aspas de clientes satisfeitos são sempre suspeitas, pois sempre poderá existir a dúvida se elas são de fato verdadeiras.

Você faz o vídeo, o usuário faz o resto – As pessoas adoram compartilhar vídeos na internet, seja o assunto que for, se o usuário tiver afinidade com o seu vídeo, pode apostar, ele vai compartilhar e te ajudar na divulgação, o alcance é aumenta ainda mais.

Saiba como investir em vídeos no Marketing de Conteúdo – Se sua empresa não possui estruturas adequadas para a produção de vídeos, na área de comunicação e marketing, existem duas alternativas: montar essa estrutura contratando colaboradores profissionais, ou contratar uma empresa para desenvolver os vídeos. Mas se forem vídeos rápidos, muitos celulares e câmeras tem tecnologia para começar. Além disso, existem inúmeros softwares de edição rápida e fácil de usar que pode facilitar bastante, é interessante pesquisar e não deixar que a estrutura deixe a estratégia de vídeos de lado, eles são realmente importantes e ajudam muito a disseminar conteúdo e conhecimento.

Gostou do nosso artigo? Deixe uma mensagem pra gente, curta, compartilhe! =)

Foto: Visual Hunt / CC BY-SA

Leave Your Comment