O Que Esperar Do Marketing Digital Eleitoral Nas Eleições 2018?
26 Sep 2017
Compartilhar

O Que Esperar Do Marketing Digital Eleitoral Nas Eleições 2018?

O Marketing Digital Eleitoral mais perfeito não é uma distribuição de panfleto on line, onde basta um olhar e confia-se na foto e no número que está à sua frente como nos tempos dos santinhos.
A maioria dos pretensos candidatos a deputado ainda não se tocou que não há mais eleição baseada em publicidade pura e rala.
O alvoroço nas redes sociais nos últimos anos com os desdobramentos das operações como a Lava-jato levou milhões de eleitores a questionarem severamente suas posições políticas.
O cenário político se desenhou como o pior da história e a população reconhece sua parcela de culpa, não é mais permitido ser alienado, nem confiar cegamente em qualquer notícia.
Para algum candidato ser recomendado na reação em cadeia é necessário que suas propostas sejam claras, que sua vida esteja exposta de maneira limpa e que seu propósito seja transparente.
Dai algumas perguntas ficam no ar e precisam ser respondidas o quanto antes. A campanha já está no ar, no entanto há pré-candidatos ainda pensando em reforma política, em prévia partidárias. Esqueça, ou vai coragem e propósito ou nem vá.

Em quem as pessoas irão votar em 2018?

Em candidatos que mostrem claramente suas propostas e sua trajetória. Sem demagogia e com o maior volume possível de informações nos meios digitais. Os eleitores vão te caçar no Google, Youtube, Facebook e Instagram.

Já é possível fazer uma campanha eleitoral?

Na verdade já está passando da hora de iniciar. Quem começou antes, com boa infraestrutura digital vai levar a melhor lá na frente, na hora da conversão.

Que tipo de preparo adicional um candidato deve ter?

O candidato deve entender como funcionam as ferramentas digitais, como é o comportamento das redes sociais, alcance, tomada de decisões baseada em informações digitais, campanhas multicanal, conversão, analytics etc

Que tipo de postura um candidato deve ter?

O candidato deve ter um propósito bem explicado, deve ter proposta, deve ser bom comunicador. Os âncoras de horário político que usam seus 5 segundos para falar clichês serão os mais combatidos. Políticos de carreira terão que apresentar seus atestados de lisura de mandato.

Quais ferramentas ferramentas digitais usar para um marketing digital eleitoral mais eficiente?

Levando-se em consideração o comportamento distinto de grupos de internautas, o que se recomenda é que se faça a construção de imagem multicanal usando site + Marketing de conteúdo, redes como Face, Instagram, Youtube e Google plus. Amplia-se os canais nos 3 meses que antecedem a campanha somando-se e-mail marketing e outros recursos sobretudo mobile.

A internet ai fazer a diferença? Como?

O celular é a nova TV. Vídeos curtos, marketing de conteúdo e canais bem alimentadas vão fazer total diferença na hora da decisão. No entanto, sabemos que uma história política não se conta da noite para o dia, daí a insistência dos especialistas em começar o quanto antes.

Leave Your Comment